Artigos

MEDICINA CHINESA E A 3ª IDADE

A Gerontologia é uma especialidade na Medicina que trata do idoso. 

A Gerontologia busca a Longevidade e a qualidade de vida. A manutenção do organismo o mais saudável possível é um dos fatores mais importantes para isto. 

Respeitar o idoso é parte dos costumes tradicionais do povo Chinês. Daí a importância dada a esta especialidade na Medicina Tradicional Chinesa. O declínio fisiológico do organismo, a debilidade orgânica é o traço característico do envelhecimento. 

Até mesmo no idoso mais saudável, cujas funções fisiológicas são mantidas satisfatoriamente, o declínio funcional acontece na maioria dos sistemas dos órgãos, o equilíbrio Yin/Yang1 é assim mantido a um nível mais baixo, o que significa redução da homeostase2 e da diminuição capacidade para adaptação ao meio externo. 
O Rim é considerado o órgão mais importante, pois ele armazena a Energia encarregada do crescimento, desenvolvimento, reprodução e envelhecimento. O Rim está intimamente relacionado com o metabolismo dos ossos, atividade cerebral, controle de ações de destreza e dinamismo, a capacidade auditiva, a vitalidade e a beleza do cabelo.  

Todos estes fatores dependem da Essência Vital armazenada no Rim. Vários parâmetros clínicos que caracterizam a velhice como a perda de capacidade reprodutiva, diminuição da sexualidade, perda do equilíbrio térmico (friorento), enfraquecimento da memória, cabelos fracos e brancos, ressecamento da pele, perda dos dentes, retração da gengiva, redução da audição, alterações e fragilidade ósseas, diminuição da síntese de tecidos e hormônios são todos atribuídos à função diminuída do Rim, e da Essência Vital. 

Costuma-se considerar um idoso saudável aquele que não apresenta visão borrada, surdez, costas arqueadas e joelhos fracos.
              
 
Causas da Senilidade 

As pessoas herdam dos seus pais, o que chamamos de Energia Vital Inata ou Energia Vital Genética. Ela é armazenada no Rim e regula o crescimento, desenvolvimento e funções de vários órgãos. Os que têm uma Energia Vital Inata forte podem viver uma vida mais longa e são mais resistentes às doenças do que aqueles que têm uma Energia Vital fraca. 

A constituição da pessoa depende diretamente de sua herança genética, ou seja, da Essência Vital Inata. Essência Vital Inata Forte proporciona um organismo de constituição forte; Essência Vital Inata Fraca proporcionara um organismo de constituição fraca.  

A Medicina Tradicional Chinesa enfatiza que a Energia Vital Inata no decorrer da vida pode ser alterada (fortalecida ou enfraquecida). 

A senilidade, segundo a Medicina Tradicional Chinesa, está ligada ao esgotamento da Energia Vital Inata, quando enfraquecida não tem condições de manter em níveis adequado a energia Yin e Yang do organismo, enfraquecendo os órgãos e debilitando o organismo. 

Buscar a longevidade seria conservar a Energia Vital Inata a mais plena possível. Quem nasce com Energia Vital Inata deficiente (constituição fraca) deve buscar os recursos para fortalecê-la, quem nasce com Energia Vital Inata forte (constituição forte) deve preservá-la. Ela é considerada fonte de vida e material básico para a atividade da vida.

Da energia adquirida do ar que respiramos e dos alimentos, parte é usada para reabastecer a Energia Vital Inata. Outra parte desta Energia adquirida junta-se com a Energia Vital Inata e mantém organismo – suprindo a energia Yin e Yang do organismo que nutrem os órgãos e as estruturas orgânicas, sendo responsável pela resistência contra as doenças, ou seja, pelo vigor, pela força, e pela saúde propriamente dita.

Através da energia produzida pelos alimentos, fitoterapia (ervas tonificantes), acupuntura, exercícios e moderação no desgaste da Energia Sexual (o fator mais importante), podemos fortificar e preservar a Energia Vital Inata.

Em suma, evitar o enfraquecimento do corpo, manter uma adequada performance mental para a idade avançada, retardar o processo de envelhecimento para prolongar o período de vida, só pode ser obtido mantendo-se a Energia Vital Inata em boas condições.

Os fatores que debilitam a Energia Vital Inata são: doenças crônicas, alimentação inadequada, fadigas (física, intelectual), fumo, drogas medicamentosas, tóxicos, emoções, uso excessivo da Energia Sexual.
                                            
Nunca se esquecendo que saúde e longevidade são consequências de um estilo de vida saudável e muitos anos. 

A Medicina Tradicional Chinesa recomenda as seguintes estratégias para manter e fortificar a Energia Vital Inata e por conseguinte a Saúde e a Longevidade:

(1) Energia Sexual – preservação; (2) Adaptação a Natureza; (3) Manutenção de um Humor tranquilo e Alegre; (4) Dieta Adequada; (5) Exercícios; (6) Acupuntura; 
(7) Medicamentos Herbários.


Preservação Energia Sexual 

Quando o homem atinge l6 anos e a mulher l4 anos, parte da Essência Vital Inata se transforma em Energia Sexual. Em decorrência disto, a mulher aos l4 anos começara a menstruar, e o homem será capaz de ter descarga seminal, significando poder de reprodução.

A Energia Sexual além de ser responsável pela nossa herança genética, tem um importante papel que é reabastecer a sua fonte geradora, isto é, a Energia Essencial Inata. 

A Medicina Tradicional Chinesa considera que o desgaste excessivo da Energia Sexual é a maior razão da debilidade da Energia Vital Inata e por conseguinte baixa longevidade, doencas e fraquezas. Isto é particularmente importante para o idoso.

Aqueles que desejam preservar a vida precisam preservar sua Essência Vital. Aqueles com mais de 40 anos de idade que buscam preservar a Energia Sexual (descarga seminal, paridades) costumam viver longas vidas. Um homem acima de 60 anos de idade deveria se privar de descarga seminal, a menos que tivesse uma constituição forte (Moderação sexual não significa tornar-se asceta).                                                    
 
                                    
1. Adaptação à Natureza

A adaptação natural de um ser humano ao ambiente natural é uma teoria básica na Medicina Tradicional Chinesa. De acordo com esta idéia, a estrutura física e o funcionamento fisiológico do corpo humano têm que se harmonizar com as variações do ambiente natural. A pessoa tem que se adaptar às mudanças climáticas e aos ciclos circadianos3.    
                                                                                                                    
Um aspecto importante de adaptação à natureza é a correta alternância de vigília e sono. A pessoa deveria manter uma vida regular, dormindo à noite e trabalhando durante o dia. Um cochilo ao meio-dia é necessário para o idoso. É dito em gerontologia chinesa, que sono bom é melhor que uma receita maravilhosa para preservar a saúde e prolongar a vida.

Outra adaptação importante é viver em consonância com as alterações das quatro estações.

Defender-se contra o vento na primavera; defender-se contra o calor excessivo do verão; defender-se contra a umidade no final do verão; defender-se contra a secura no outono, defender-se contra o frio no inverno e evitar uso abusivo dos aquecedores no inverno, e dos aparelhos de ar condicionado no verão. 

A capacidade do idoso de se ajustar às mudanças climáticas é fraca. Por isso, é comum ver idoso com asma recorrente ou tosse quando se aproxima o inverno ou sofrerem colapso e morte súbitos durante o calor intenso do verão ou frio do inverno. 

Portanto, eles precisam prestar atenção especial às mudanças climáticas, principalmente, no modo como se vestem e comem: comida feita de farinha é boa durante a primavera, porque é fresca em natureza, comida feita de feijões é boa para o verão, porque muitos dos feijões são frios em natureza, comida feito de gergelim é boa durante o outono, porque pode aliviar a secura e comida feita de sorgo (variedade de milho) é boa durante inverno, porque é quente em natureza.

 
2. Manutenção de um Humor Tranquilo e Alegre

Na Medicina Tradicional Chinesa, a relação entre emoção e órgãos é acentuada. Emoções normais são benéficas aos processos fisiológicos dos órgãos, enquanto excessos emocionais, normalmente, prejudica seu funcionamento, resultando em doença e senilidade prematura.

Para evitar excessos emocionais, a pessoa tem que saber exercitar o autocontrole e manter um humor tranquilo e alegre. Aconselha-se o idoso ter mente ampla e aberta, com bom humor e evitar todas as preocupações e estresse desnecessários.

Nisto, o idoso é aconselhado a deixar as coisas levarem seu próprio curso para evitar dificuldades.


3. Dieta Adequada

A alimentação deve ser voltada para suprir toda a debilidade que normalmente costuma ocorrer na 3ª idade.

Através dos alimentos o organismo obtém energia que serve de combustível para a Energia Vital Inata (ela é abastecida e ativada nas suas funções). Os alimentos também fornecem energia e nutrientes para os órgãos. 

O idoso apresenta fragilidade em suas funções digestivas. São frequentes as queixas de fermentações digestivas com arrotos, distensões por gases, sensação de empachamento e por vezes, cólicas. Aconselha-se o uso de alimentos pré-cozidos e cozidos que, além de aquecer o quadro fisiológico de frio, facilitam a digestão.
                                                                                  
O frio da velhice deve ser minimizado com alimentos mornos (tonificantes do Yang), nutritivos, de fácil digestão.

O idoso deve fazer seis refeições diárias, sendo a última, antes de deitar para dormir. Hipoglicemias durante o sono não são incomuns no idoso.                                                                             
É importante comer alimentos de diferentes cores pois significam diferentes energias e nutrientes. Deve-se evitar comer diariamente a mesma coisa. 

Para assegurar um bom começo de digestão, nesta fase de vida, os alimentos devem ser bem cortados para facilitar a mastigação, e favorecer uma boa digestão.

Cereais: arroz branco é preferido por ter sua digestão mais rápida e menos fermentativa que o arroz integral. Aveia é importante por carrear gordura para fora do tubo digestivo, amaciar o bolo fecal e ser rica em nutrientes. Germe de trigo tonificante da energia Yang, e também rica em vitamina E.

Leguminosas: lentilha, grão de bico, ervilha, soja e feijões – sem casca para não produzir fermentação e, portanto, gazes.

Raízes e tubérculos: aipim, inhame, cara, cenoura, beterraba, batata inglesa ou baroa (preferencialmente no jantar).

Brotos: de feijão, trevo, alfafa e bambu - tonificante da Energia Vital Inata.

Proteínas animais: peixe, frango, coelho, rã, indica-se estas por serem digestão rápida e menos colesterol. Leite importante fonte de cálcio (contraindicado quando há secreções das vias aéreas e inchaços de membros inferiores).

Frutas: frescas da estação, secas e oleaginosas, moderadamente diariamente. Uvas passas, tonificante do Yang dos Rins. Noz, rica em complexo B e Tônico do Yang do Rins e do sistema nervoso – comer uma pela manhã.
 
Temperos: salsa, cebolinha (inclusive a raiz), coentro, manjericão, orégano, pouco alho e pouca cebola, aipo, alho-porro e gengibre - promovem movimento de sangue e energia, fluidificam secreções de vias aéreas respiratórias e tonificam a força Yang dos Rins.

Chás: Os chás indicados são os digestivos (banchá, erva-doce, hortelã, carqueja, erva-cidreira); para gases (orégano, erva-doce, erva-cidreira, camomila, hortelã );  hepáticos (picão, boldo);  para insônia – estes tomar após o jantar e antes de deitar (alface: das folhas internas e do talo, jasmim, laranjeira: folha, flor, pele, casca seca de laranja), maracujá, camomila, etc...

Tomar chá em quantidades moderadas é bastante saudável. Já o fato de tomar chá em excesso pode ser prejudicial a longo prazo. É especialmente desaconselhável tomar chá forte quando se tem pressão alta, insônia ou úlceras estomacais. A melhor hora para tomar chá é depois das refeições e não se deve esmagar as folhas, pois isso, pode causar constipação.
               
 
Exercícios para Preservação da Saúde

Exercícios tradicionais para preservação, são diferentes dos modernos exercícios físicos. Eles incluem (Chi Kun, Tai Chi Chuan...) que além de atuar beneficamente no sistema musculoesquelético e cardiovascular, por respeitarem a circulação energética nos canais de energia, eles fortalecem a energia dos órgãos, e mantém a vitalidade da Energia Vital Inata.                                                           
O sol da manhã sob filtro solar, para evitar maior formação de rugas, manchas e câncer de pele, está indicado. Sol é fonte de luz, calor é vida e aquece o Fogo dos Rins, desde que respeitado os horários adequados.     


Acupuntura

A acupuntura é um grande recurso para prevenir o desgaste precoce da energia Essência Vital, bem como, no tratamento de várias debilidades das estruturas orgânicas.     
     
                                                              
Fitoterápicos

A Medicina Tradicional Chinesa tem uma longa história lidando com medicamentos herbários para preservar a saúde, prevenir senilidade e promover longevidade. Nos últimos séculos, mais ervas e fórmulas antienvelhecimento foram estudadas e registradas todas visando o retardamento do envelhecimento e prevenção de senilidade. Todas estas fórmulas têm em sua composição de maneira variada as seguintes ervas: Radix Rehmania, Fructus Lycii, Radis Plygoni Multiflori, Fructus Corni, Sêmen Astragali Complanati, Herba Epimedii, Cornu Cervi Paentotrichum, Sêmen Cuscutae...

Estas ervas são em sua maioria tônicas. Umas restabelecem a energia dos órgãos (Yin e/ou Yang, principalmente do Rim), outras tonificam a Energia Vital Inata. (Ervas imprescindíveis para aqueles que tem uma vida sexual muito intensa ou que fazem uso dos recentes medicamentos de disfunção eréctil).

Alguns fitoterápicos têm a finalidade de preservar e manter a Essência Vital Inata, outros de restaurar e fortalecer a Essência Vital debilitada. Estas fórmulas apresentam melhora nos sintomas clínicos da senilidade, progresso da inteligência, melhora significativa nos níveis de colesterol e triglicérides no soro, melhora dos níveis de hormônios que na velhice costumam decrescer (testosterona estradiol, insulina, aldosterona, da tireoide, do crescimento), pesquisas atuais mostram grande efeito antioxidante5 destes fitoterápicos. 

 
Conclusão

Tem-se verificado que os que observam estas orientações apresentam uma qualidade de vida superior – quanto à preservação da saúde e à longevidade.

Principalmente, aqueles que precocemente buscam os exercícios, acupuntura, fitoterapia apresentam um níveis superiores de visão, audição, nas características dos cabelos e da pele, nos movimentos físicos, na memória, no apetite e nos padrões de sono, bem como na relação estradiol/testosterona, nas atividades dos antioxidantes naturais (superóxido dismutase), na atividade do sistema nervoso central e na função dos órgãos viscerais.

No caso de paciente idoso que apresenta problemas de saúde (hipertensão, diabetes, reumatismo, asma e outros) a Medicina Tradicional Chinesa além de tratá-lo destas patologias – com Acupuntura, Ervas Medicinais Chinesas (fórmulas especificas para cada patologia), que podem  ser  associadas ou não com a Alopatia – tem sempre também como objetivo resgatar a vitalidade do paciente, isto é, a sua Essência Vital.

A ciência ocidental moderna atribui à ação dos Radicais Livres4 como causa do envelhecimento, debilidade orgânica e das doenças crônicas degenerativas.

A correlação que se faz é que o que debilita a Essência Vital é o mesmo que causa os Radicais Livres e que preservar a Essência Vital é evitar e combater os Radicais Livres, e que fortalecer a Essência Vital é fortalecer os antioxidantes naturais do organismo. 



1 Yin/Yang duas forças opostas que formam o Universo, que estão em constante mutação, elas percorrem e nutrem o organismo atravez dos canais de energia. 
2 Homeostase tendência à estabilidade do meio interno do organismo.
3 Ciclos Circadianos ciclo correspondente ao movimento dos dias e das noites.
4 Radicais Livres são compostos altamente reativos que se ligam e destroem outras moléculas.
5Antioxidantes substâncias que protegem as células e tecidos dos danos dos Radicais Livres.   












  • Apoio:
  • FITO FORMULA LAB - PRODUTOS FITOTERAPICOS - Rodapé Apoio - 01
  • FITO FORMULA LAB - PRODUTOS FITOTERAPICOS - Rodapé Apoio - 02
  • FITO FORMULA LAB - PRODUTOS FITOTERAPICOS - Rodapé Apoio - 03
  • FITO FORMULA LAB - PRODUTOS FITOTERAPICOS - Rodapé Apoio - 04
  • FITO FORMULA LAB - PRODUTOS FITOTERAPICOS - Rodapé Apoio - 05